quinta-feira, junho 30, 2011

Só por Deus ...

Pela manhã o Breno piorou ... não conseguiu aguentar sem o tubo por conta do tamanho do edema que surgiu na garganta.

Fiquei sem chão.... pirei por alguns intantes na UTI, mas agora passou. Recebo tantas mensagens e tantas ligações de conforto que minhas energias estão sendo renovadas a cada minuto.

A enfermeira chefe do Hospital ligou pro Marcio para que ele viesse pra cá pois o Breno não estava bem.... e EU muito menos! Coitado.... veio correndo todo desnorteado e ficou passado quando viu novamente o Breno intubado.

Graças à Deus que minha mãe está aqui pra fazer companhia pro Breno enquanto nos bate o desespero. Não queremos que ele sinta nada de ruim, nem que estamos tristes.... nada!!! Quero preservar sempre um clima bom dentro do quartinho dele.
A Tia Cleide chegou agora e vai ficar com o Breno agora de tarde para que possamos comer. Minha mãe irá pra casa pra descansar e eu vou passar a noite com ele.
Não vou desgrudar dele ..... quero que ele fique pertinho de mim o tempo todo!

Por enquanto é isso....
"Nossa Senhora passa na frente dele sempre".

terça-feira, junho 28, 2011

Extubação adiada!!

O Breno continua sob ventilação mecânica, sedado.

A ventilação mecânica, apesar de ser uma intervenção terapeutica fundamental em pacientes com insuficiência respiratória aguda e obter alto percentual de aplicação em pacientes internados em UTI, é um procedimento invasivo, não isento de complicações o que torna oportuno o rápido reconhecimento da reversibilidade do processo agudo e o retorno à ventilação espontânea.

Os médicos estão analisando as condições do Breno para a retirada da via aérea artificial. Para que isso ocorra, é necessário que o aparelho atinja parâmetros que garantam uma respiração espontânea definitiva.

Como o Breno puxou a intubação semana passada, a canula deve ter machucado a laringe provocando edema. Esse edema pode impedir q ele respire normalmente com a extubação. Por esse motivo, o médico decidiu por adiar a retirada da ventilação mecânica para amanhã. Enquanto isso, ele continua tomando anti-inflamatório para diminuir esse edema.
Se tentarem retirar o tubo mesmo com esse edema é perigoso q ele fique com desconforto para respirar e com isso tenha q reentubá-lo (processo altamente traumático).

Hoje pela manhã desabeii de chorar, vou confessar q hj tô triste e com saudades dele "saracotiando", rindo e apertando minhas buchechas... rs!

Ê Brenooo....

PS) Quero pedir desculpas por ter mencionado tantas vezes nas postagens anteriores a palavra ENTUBAÇÃO, quando o correto é INTUBAÇÃO.

segunda-feira, junho 27, 2011

Hora de cruzar os dedos....

Passei ess noite com o Breno no Hospital. Não preguei o olho com medo dele arrancar o tubo da traquéia novamente!
Passei a noite conversando com a fisio, com as enfermeiras, médicas... as 4:30 da matina desci na lanchonete do hospital pra tomar um suco pra despertar e depois disso o dia clareou rapidinho.
Nem preciso dizer q estou exaustaaaaaaa, né?

Mas, estamos ai! Acredito q vou ficar essa proxima noite tb aqui com o Breno ao invés da minha mãe pq já estão para extubar o Breno. Minha presença aqui perto dele será importante.

Agora de tarde, o Dr. Walter, pediatra aqui da UTI, solicitou a repetição de todosss os exames do Breno: gasometria, hemograma, sódio...

Ah, ontem recebi um abraço cheiio de boas energias do plantão da noite do sexto andar. Como é bom ser abraçadas por pessoas q gostam de vc. Chorei muito, desabafei e depois sai de lá gargalhando... uma é mais especial que a outra. Juliana, Denise, Keila, Sandra, "Dilminha" e Eliana vcs moram no meu coração!!!

É sempre bom ser abraçada.

domingo, junho 26, 2011

VIRUS SINSISIAL NEGATIVOOOO

DEUS É MARAVILHOSO!

Saiu o resultado do exame do Breno para o virus SINSISIAL: NEGATIVO!!
Graças a Deus!!!

Esse virus é maldoso e só atinge crianças até 2 anos! Ele nada mais é q a bronquiolite. Depois posto mais coisas sobre esse virus para q todos o conheçam melhor.... é importante!

Deus seja louvado!
AVANTE MEU PRINCIPE.......

sábado, junho 25, 2011

O Breno segura na mão de Deus !


Amo essa música:

Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus e vai

Se as águas do mar da vida
Quiserem te afogar
Segura na mão de Deus e vai
Se as tristezas desta vida
Quiserem te sufocar
Segura na mão de Deus e vai

Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus
Pois ela, ela te sustentará
Não temas, segue adiante
E não olhes para trás
Segura na mão de Deus e vai

Se a jornada é pesada
E te cansa, meu irmão, a caminhada
Segura na mão de Deus e vai
Orando, jejuando, confiando e confessando
Segura na mão de Deus e vai

Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus
Pois ela, ela te sustentará, sustentará
Não temas, segue adiante
E não olhes nunca mais para trás
Segura na mão de Deus e vai

O Espírito do Senhor
Para Sempre te dirigirá
Segura na mão de Deus e vai
Jesus Cristo prometeu que jamais te deixará
Segura na mão de Deus e vai

Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus
Pois ela, ela te sustentará
Não temas, segue adiante
E não olhes para trás
Segura na mão de Deus e vai

Segura na mão de Deus
Segura na mão de Deus
Pois ela, ela te sustentará
Não temas, segue adiante
E não olhes para trás
Segura na mão de Deus e vai

O que me conforta é saber que Deus não permite que o Breno fique no chão.
E isso está registrado na Bíblia. Quer ver?

“O Senhor firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz; se cair, não ficará prostrado, porque o Senhor o segura pela mão.” (Salmo 37:23-24).
Mais uma palavra de conforto a mim, “... porque sete vezes cairá o justo e se levantará.” (Prov. 24:16).

Parabéns Breno... força guerreiro!

A noite passada o papai dormiu com o Breno. Estamos exaustossssssss!

Hj a vovó Cida vai dormir aqui na UTI para q possamos descansar pelo menos um pouquinho.
Antes de começar a atualizar todo mundo sobre nosso pequeno, quero agradecer a todos os q estão nos ligando, nos escrevendo, vindo nos visitar... enfim, a todos sem exceções. Vou responder a cada mensagem do meu pc la de casa assim q o Breno tiver alta. Escrevo aqui ba UTI do meu cel... odeio! Mas consigo pelo menos me comunicar com o mundo lá fora.

Ontem o Breno recebeu a visita do Tio Rodrigo e da tia Dani linda! Dos amados padrinhos: Vivi e Mario e hoje dos indispensáveis amigos: Magrela (Carol) e Kleber. Obrigada amigos.
Minha mãe me avisou que meus tios de Curitiba ligaram, obrigada! Obrigada pela ajuda, pela atenção, pelo carinho e preocupação. Retornarei a ligação assim q tudo se normalizar e voltarmos pra casa.

Hoje o dia foi abençoado pro Breno... baixaram os parâmetros, suspenderam o soro, aumentaram a dieta e tiraram alguns medicamentos broncodilatadores. Ufs.... Graças a Deus!

Coloquei no leito dele a imagem de nossas forças: Nossa Senhora Aparecida, São Roque e Nossa Senhora de Fátima.

PS) Tia Cleide, nossa mãe rainha agora tá olhando dia todo pro Breno! Peça pra Bisa colocar a foto do Breno do ladinho da imagem dela na sala, por favor!

Vamos Brenoooo, Vamos......

sexta-feira, junho 24, 2011

Chegaaaaa de susto !!!

O Breno adora causar, não é possível!
Não dormi a noite toda... fiquei o tempo todo olhando pro bendito monitor aqui da UTI. Peguei no sono acho que uns 30 segundos ... esse foi o tempo suficiente pro Breno mesmo com as mãozinhas amarradas e com cedativo arrancar o tubo do respirador.
Quando abri os olhos ele estava com o tubo nas mãos. QUASE TIVE UM TRECO!
Levantei da cadeira correndo e fui gritei pela fisioterapeuta ... vieram correndo pro quarto dele pra reanimá-lo e reentuba-lo.
Sai do quarto descalça, só Deus sabe como, fui flutuando até a sala de espera.
La ajoelhei e pedi misericórdia pra Deus... o Breno teve outra parada, mas Graças ao meu bom Deus deu tudo certo!
Agora ja estou aqui novamente do lado dele esperando ele normalizar para que os parâmetros do respirador sejam baixados novamente.

Ufaaaaaa passou!
Eita Breno, meu coração não aguenta mais fortes emoções. Agora chega!

Coletaram varios exames, estamos aguardando os resultados.
Obrigada a todos pelas mensagens, pelas ligações, enfim pelo carinho e orações. Que Deus abençoe cada m de vocês.

Com carinho,
Mamãe do pequeno grande guerreiro: Breno Peltier Batista.

quinta-feira, junho 23, 2011

Orações pro Breno

Nosso principe ontem foi internado novamente e hoje resolveu aprontar. Subiu pra UTI e o quadro respiratório piorou de duas horas pra cá... Estão fazendo de tudo para não entubá-lo.

Nosso guerreiro é forte, tenho absoluta certeza de que ele está sob a proteção de Deus, do seu anjo da guarda e de Nossa Senhora de Fátima.

Nossa fé acredita no impossível.
SOPRE SENHOR MAIS UM MILAGRE NA DIREÇAO DO NOSSO PEQUENO GRANDE GUERREIRO.

AMÉM

terça-feira, junho 14, 2011

A BIA É SÓ MINHA !!!!!

Hoje o Breno me pediu pra fazer um post especial pra irmã dele !!!
Eu como de costume faço tudooo o que ele me pede, e pra ser sincera não foi sacrifício nenhum, já que considero ela minha amigona, minha fofa e minha morena maravilhosa!!!

Ela é filha do primeiro casamento do meu marido. Convivo com ela desde seus 5 aninhos... hoje a Bia já está uma moça... quaseeee da minha altura ahaha ! 11 anos... como o tempo passa!
Sempre digo pra ela que na primeira balada dela euuuu estarei presente pra curtir com ela !!!

Ela me fez entender tantas coisas na vida... me fez amar ainda mais o pai dela, me fez amar ainda mais as crianças, me fez entender que ela só nos trás felicidade e que o amor do pai dela é tantooo por nós que pode ser muitoooo bem dividido entre nós !!!
Sempre nos demos muito bem! Acho que ela acha que eu também sou criança ahahaha !

Bia lindona .... queremos que você saiba que te amamos muito e que aqui tem sempre o seu espaço, te esperando, sempre que você quiser. A casa também é sua, o irmão é seuuu, o pai é seuuuu e eu sou suaaa pra sempre !!!

"Algumas vezes na vida, você encontra uma amiga especial.
Alguém que muda sua vida simplesmente por estar nela.
Alguém que te faz rir até você não poder mais parar.
Alguém que faz você acreditar que realmente tem algo bom no mundo.
Alguém que te convence que lá tem uma porta destrancada só esperando você abri-la.
Isso é uma amizade pra sempre.
Quando você está pra baixo e o mundo parece escuro e vazio, sua amiga pra sempre te põe pra cima e faz com que o mundo escuro e vazio fique bem claro.
Sua amiga pra sempre te ajuda nas horas difíceis, tristes e confusas.
Se você se virar e começar a caminhar, sua amiga pra sempre te segue.
Se você perder seu caminho, ela te guia e te põe no caminho certo.
Sua amiga pra sempre segura sua mão e diz que vai ficar tudo bem.
Sua amiga é pra sempre, e pra sempre não tem fim."

Biaaaa você é a amiga, a filha e a irmã mais amada desse mundoooooooooooo !!!!!!!!!

Beijosssssss Tia Vi, Irmão Breno e Papai !!!!! 

quinta-feira, junho 09, 2011

Mães guerreiras - REPORTÁGEM SENSACIONAL !!!!!

"Conheça as emocionantes histórias de mulheres cujos filhos estão ou já saíram da UTI neonatal - e saiba o que você pode aprender com elas.

Deixar a maternidade sem o filho nos braços foi um dos dias mais tristes da vida de Erika de Oliveira Porcaro, 38 anos.
“Eu queria descer de escada, mas não podia porque tinha feito cesárea. Então, fui de elevador e, claro, acabei vendo as outras mães (que saíam do hospital com as crianças). Foi horrível.” Noah, que nasceu prematuramente na 28a semana, ainda está internado na UTI neonatal do Hospital São Luiz (SP). Já são mais de dois meses em que Erika acorda por volta das 6h15 e, com chuva, com sol ou com trânsito congestionado, entra com o marido no hospital. Ela vai passar o dia ao lado do seu bebê.

Esperança, força e determinação são os sentimentos que movem todos os pais cujos filhos ainda (sim, para eles, receber alta é uma questão de tempo) não puderam sair da maternidade. Com o apoio de amigos, parentes, outros pais que conhecem na própria UTI e da equipe médica, as mulheres – uma vez que os homens precisam voltar mais rapidamente ao trabalho –, enfrentam jornadas de mais de dez horas dentro dos hospitais, reorganizam toda a rotina para passar ainda mais tempo com os bebês (em alguns casos, sem poder pegar o filho nos braços) e aprendem a lidar com inúmeros procedimentos e exames que o filho possa precisar.

Se existe uma maneira de chamá-las, a melhor é de mães guerreiras.

Erika é uma delas. Ela não esperava que o filho nascesse prematuro. O começo da gravidez foi normal mas, no quinto mês, teve sangramentos. Não demorou muito para o parto acontecer. Foi preciso fazer uma cesárea de emergência, e ela nem viu seu bebê na sala de parto. Com 585 gramas, Noah foi direto para a incubadora. Assim como para Erika, a UTI neonatal é algo que muitos pais só descobrem que existe quando o filho é internado, como apurou a reportagem de CRESCER ao passar uma tarde em uma UTI neonatal de uma das maiores maternidades de São Paulo.

A grande maioria dos pacientes é de prematuros (nascidos antes de 37 semanas de gestação) – de acordo com o Ministério da Saúde, em 2009 eles representaram 7% dos nascimentos – ou têm algum problema de saúde, como imaturidade pulmonar, doenças cardíacas congênitas ou infecções. Os pais de gêmeos são os que mais noção têm dessa remota possibilidade, mas nem por isso é mais fácil lidar com a notícia.

Fátima Ignez Bueno, 42 anos, corretora de imóveis, que fez reprodução assistida para engravidar, tinha certeza que os seus bebês iam ser internados. “Os médicos sempre me alertaram”, afirma. Ela teve trigêmeos com 31 semanas de gravidez: Fernando, Leonardo e Rafael. “Quando eles nascem e você nem os vê, fica aquela sensação de que falta alguma coisa”, diz, emocionada. “Falta pegar, olhar, e como você está com anestesia, não pode sair do quarto para vê-los na mesma hora.”

Enquanto nos outros quartos da maternidade pais e bebês ficam juntos pela primeira vez, quem tem um filho prematuro ou um bebê que exige cuidados especiais fica só. Depois que a anestesia do parto cesárea passa (em casos de parto prematuro, especialmente, os médicos acreditam que esse procedimento é mais seguro), a mãe vai em busca do filho.

A UTI onde Fátima e Erika encontraram os filhos é composta por seis salas, uma ao lado da outra. É comum ver pais que estão lá há mais tempo se cumprimentando no corredor. Médicos e enfermeiros também são cúmplices. “É imprescindível esse contato com os pais”, afirma Luiz Carlos Bueno Ferreira, médico responsável pela UTI neonatal do Hospital São Luiz, há 39 anos na área. Com o tempo, conta, cada mãe e cada pai vai se tornando especialista no problema do filho.

Os pais têm livre acesso à UTI. Os médicos sabem quão importante a presença deles é para a evolução do bebê. Avós, irmãos da criança ou parentes mais próximos, dependendo de cada caso, têm horários restritos e curtos para fazer uma visita.

Quando os pais chegam pela primeira vez, é preciso sentar com eles e com a psicóloga e explicar tudo referente ao quadro do filho e quais são as perspectivas. “Eles já sentem muito estresse, e essa é uma maneira de minimizar a insegurança”, afirma Felipe de Souza Rossi, médico neonatologista da UTI do Hospital Albert Einstein (SP).

Para poder ver o filho, é necessário vestir um avental, prender o cabelo, lavar as mãos e não usar relógios (celular é terminantemente proibido!). Ao lado de cada incubadora, em muitas UTIs, fica uma ou duas cadeiras, para a mãe e para o pai. Se quiserem, podem passar a noite lá. Na hora de pegar os bebês, higienizam-se as mãos de novo com álcool em gel. A equipe médica também segue procedimentos. A regra de ouro é: manipular o bebê o menor tempo possível. Tudo é feito muito rápido, como trocar medicação ou realizar um exame.

Apesar dessa movimentação, o ambiente é bastante silencioso. Os poucos sons que se ouve são o apito do aparelho dos batimentos cardíacos, o choro das crianças ou as mães conversando com elas. Livros e uma pelúcia são permitidos (para que ele fique dentro da incubadora, é preciso embalar em um plástico) e apenas quem está com o filho no isolamento pode levar música. Também ouve-se a troca de histórias e conselhos entre uma mãe e outra. “O papel das outras mães é muito importante. Talvez o que meu filho esteja vivendo agora, o filho de outra mãe já tenha passado. Você vê o progresso dos outros, e pensa que o seu também pode chegar lá”, afirma Fátima."

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI228665-10484,00-MAES+GUERREIRAS.html

Recebi esse link da minha amada amiga Taty mãe da Larissa que vivenciou comigo dias e mais dias na UTI Neo do Hospital Sta. Catarina !!!!!!!!

quarta-feira, junho 08, 2011

COMO TRATAR ASSADURAS




Sempre que aparece a primeira assadura no nosso filho, costumamos nos sentir superrr culpadas achando que fizemos algo de errado, apesar de todos os cuidados diários.

Antes de mais nada, nãoooo se sinta culpada, assaduras acontecem e elas simplesmente aparecem de uma hora para outra. Nesse caso o que nos resta é tratá-las adequadamente e o mais breve possível pois elas pioram muito rápido!

A principal causa é um fungo chamado MONÍLIA. Por esse motivo, não adianta continuar passando cremes e pomadas para assaduras que costumamos usar no dia a dia, pois esses cremes apenas previnem!!!
O tratamento de assaduras nos bebês é feito com uma pomada a base de NISTATINA e ÓXIDO DE ZINCO. O Breno já fez uso muitassssss vezes e foi um Santo remédio....

Essa dica vai pra minha amiga (seguidora do Blog) Larissa.
O Gui, filho dela tá com uma assadura enorme, tadinho.... acho que vale tentar passar essa pomada que é encontrada em qualquer farmácia. Basta pedir por pomada genérica para tratamento de assaduras em bebês a base de Nistatina e Óxido de Zinco.

A Nistatina é um antifúngico e o Óxido de Zinco é um adstringente e antisséptico que exerce ação de suavizante cicatrizante e protetora da pele nas afecções que apresentam erupções superficiais. Geralmente as assaduram melhoram em até 48 horas de tratamento.

O ideal, é a cada troca de fraldas lavar o bebê com água e sabão neutro e secar bemmm antes de aplicar a pomada. Ela pode ser usada em todas as trocas de fralda até que a assadura desapareça por completo.

É bom também deixar o bebê um pouco sem fralda para que a pele irritada desncase e respire um pouco.

A assadura também não dá só no bumbum. Os bebês mais gordinhos costumam ficar assados em algumas dobrinhas como é o caso dos braços e pescoço. A mesma pomada pode ser usada nesses lugares afetados.

ATENÇÃO: A pomada DERMODEX (muito utilizada por nós mães) possui duas versões: A DERMODEX PREVENT - que é para uso diário, para prevenir assaduras e a DERMODEX TRATAMENTO - que é uma versão de marca da pomada genérica que citei a base de NISTATINA + ÓXIDO DE ZINCO.
Para as mães que usam essa marca, não se confundam pois cada uma possui uma indicação específica.

É importante também investir em fraldas de boa qualidade. Eu particularmente gosto muito da PAMPER´S TOTAL CONFORT (aquela da embalagem azul). Ela além de flexível absorver que é uma beleza .... :)
Essa escolha pode ser feita junto ao pediatra do seu filho!

IMPORTANTE: Se a assadura \ irritação não melhorar em até 48 horas e ocorrer infecções, procure um médico. Assaduras sõ muitooo doloridas e irritam o bebê, em casos mais graves pode até ocorrer febre.

Cinco pontos indispensáveis:
- Troque a fralda assim que possível, se ela estiver cheia ou com cocô.
- Limpe bem a área dos órgãos genitais do bebê com cuidado depois de cada cocô e deixe-a bem seca antes de colocar a fralda.
- Passe uma fina camada de pomada no bumbum do bebê, não use talco pois ele pode ser aspirado pela criança e ir direto para os pulmões.
- Não aperte demais a fralda, é bom deixar espaço para o ar circular.
- Evite o uso de amaciantes nas roupas do bebê.

Referências:
http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:VUJsChKrlI8J:www.dicasdemae.com.br/2009/09/tratamento-das-assaduras-nos-bebes/+pOMADA+COM+NISTATINA+PARA+Assaduras+de+beb%C3%AA&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source=www.google.com.br


DIA DE SYNAGIS !!!

O Breno tá com uma gripe lascada !!!!!!!!

Ontem fomos com ele no Hospital Sta. Catarina, tiraram raio X e entraram com antibiótico!
Estamos tendo que aspirá-lo esses dias por conta do excesso de secreção que acumula... o tempo tamém não ajuda, né ???

Depois do Hospital passamos pra ele tomar a "Gloriosa" Synagis.
Encontramos lá por pura conhecidência a Adriana com a princesa dela (Gigika).... que criança mais linda !!!
A Adriana é seguidora do nosso Blog e tá sempre antenada nas novidades do mundo dos prematuros !!!

Hoje temos Pediatra!!! Veremos quais são as novidades .......... Tô esperançosa !!!!

segunda-feira, junho 06, 2011

O BRENO ODEIA JALECO BRANCO !!!!





Esses dias levei o Breno no Hospital Sabará ... alí na Av. Angelica (SP), muitoooo bonito e bem estruturado, por sinal.
Enquanto estávamos esperando atendimento, pensei rapidamente qual seria o proposito de TODOSSSS daquele lugar terem JALECOS BRANCOS!
Senhor.... pediatras nem deveriam usar jalecos. Acredito que se fossem coloridos não despertariam tanto medo nas crianças.

O Breno depois de quaseee 1 ano de internação, não consegue ver nem de longe um jaleco branco que já se põe a chorar. Pediatras deveriam andar fantasiados... ahahha ... na minha opinião, é claro !
Pequenas mudanças no ambiente hospitalar podem melhorar muito a percepção dos pacientes sobre o hospital e os profissionais.
Ao invés do tradicional branco usado pelos profissionais de saúde, roupas coloridas alteram a percepção de conforto das crianças internadas e de confiança dos pais. Ví que isso inclusive foi tema de um estudo feito no Hospital Pediátrico Meyer de Florença, na Itália.

Pesquisadores da Universidade de Florença analisaram o efeito de jalecos multicoloridos, desenhados por uma grife italiana e doados ao hospital no bem-estar psicológico de um grupo de 56 pacientes pediátricos (com idades entre 6 e 16 anos), os quais foram comparados a um grupo semelhante, mas não exposto à nova vestimenta.
 Ameiiii um post que encontrei na net... inclusive acabei me tornando seguidora do Blog desse pediatra Dr. Thiago que redige muito bem, por sinal !
Segundo os autores o stress das crianças diminui associado à permanência no local e facilita a execução de procedimentos de rotina como punções para coleta de sangue, por exemplo.

O Breno ODEIAAA paredes brancas, onde as pessoas usam jalecos brancos, nesse cenário onde tudo é uma rotina de desfile de médicos e enfermeiros. Os doutores da Vida procuram mudar essa percepção, eles usam roupas nada convencionais, rosto pintado...Eles usam um momento do seus dias para levar alegria, amor, vida... Médicos, enfermeiros, faxineiras, familiares e crianças passam a semana esperando pela visita dos Doutores mais malucos do hospital!
No fundo quem sai ganhando, não são apenas os pacientes, mas sim os Doutores da Vida que levam vida a quem precisa de vida.

Já passou da hora de TODOS os Hopitais adotarem esses projetos voluntários que visam minimizar o stress de quem esta internado.



"Estava eu no meu plantão, num dia de semana (nem era sexta-feira!), tranquilo, feliz da vida, como de costume. Chamei a paciente para atendimento. A mãe, ao me ver, antes mesmo de entrar na sala, parou e me olhou de cima a baixo. Arregalou os olhos como se estivesse vendo um fantasma. Fiquei preocupado! Será que estou com algum problema?! Sabe quando passa milhares de coisas na sua cabeça? Quase saí correndo para me olhar no espelho! Algo de estranho deve estar acontecendo comigo, pensei.
- Aonde está a médica? Perguntou a mãe impaciente.
- Não é médica, senhora. Eu sou o médico de plantão. Falei um pouco constrangido.
- Como assim médico?! Minha filha nunca foi atendido por um médico, e sim por médicas.


Se não fosse o jeito bravo e grosseiro, eu até pensaria que ela estava apenas surpresa. Mas não. Ela era, realmente, mal educada! Tentei ajeitar a situação (como se eu que tivesse a responsabilidade disso) e prossegui:
- Senhora, sinto muito, mas não poderei lhe ajudar. Sou médico, e isso não vai mudar, pelo menos nessa encarnação. Mas se você preferir, pode voltar na clínica em outro horário. Depois do meio dia teremos uma médica de plantão. Ou pode agendar com qualquer outro profissional de sua preferência.


Provavelmente ela não estava no seu dia. Como se não bastasse, retrucou em alto e bom(mau) tom:
- E o seu jaleco, cadê? Quanta informalidade! Você não deveria atender sem jaleco.


Respirei fundo. Primeiro a louca encrenca com o fato de eu ser homem, depois porque eu não estava de jaleco! Falou como se eu estivesse atendendo de bermuda e sandália (apesar de que não falta vontade! risos). Respirei fundo novamente, contei até 10, e falei:
- Mais uma vez a senhora me desculpe. Não gosto de jaleco, nem meus pacientes. Crianças odeiam jaleco branco. Por isso eu não uso. Aliás. A pediatra de sua filha usa branco? Quem é a pediatra de sua filha? A senhora deveria marcar consulta com ela e não me procurar no plantão.


Uma luz vermelha subiu dos pés até a cabeça da mulher, seguida de uma fumaça quente que saía por suas ventas! Um panela de pressão prestes a explodir.
- Crianças não entendem nada. Elas estão nem aí para o jaleco branco. Além disso não te interessa quem é a pediatra da minha filha. Cala a tua boca e examina ela logo, que estou com pressa!


Gente, na boa. O que que eu vou falar para uma pessoa dessas, né? Não pode ser certa. Uns me falaram que eu não deveria ter atendido a criança. Teve quem me dissesse que eu deveria agir da mesma forma: me fazer de louco! Mas como vocês viram, de louca ela não tinha nada. Só não tinha tido uma boa educação dos pais, da vida, sei lá.


- Na boa. Eu não conheço a senhora, e também não estou mais afim de conhecê-la. Não sei se a senhora é desequilibrada, ou se está sendo apenas mal educada. Vou atender a sua filha, pois ela não tem nada a ver com isso. Só peço que faça a gentileza de não me dirigir mais a palavra durante a consulta.


Atendi a menina, como se não tivesse mais ninguém na sala. A criança já havia sido atendida no dia anterior, por uma colega (que não veste jaleco branco) e veio para reavaliação, já que os sintomas persistiam. Expliquei o que estava acontecendo e o tratamento, sem dar muito espaço para mais blá blá blá. Ela agia como se não tivesse acontecido nada. Saiu do consultório sem agradecer pelo atendimento, óbviamente.


Fiquei pensando por um tempo se eu tinha feito algo de errado. Não queria ter sido mal educado. Acho que não fui. Mas paciência tem limite! Louca? Não sei. Mal educada, talvez. São coisas diferentes, eu disse. Os loucos são passíveis de tratamento, agora os mal educados... vou te contar. Nem morrendo e nascendo de novo pra endireitar!!


Espero que tenha ficado claro, hein! Não atendo de jaleco. Não gosto e pronto. Se vocês esperam encontrar um doutor vestido de branco para atender o seu filho no consultório, marquem com outra pessoa. Mas por favor, não me façam passar pelo mesmo. Ah! Uma sugestão: ao marcar a consulta na recepção, ergunte quem é o médico que irá atender o seu filho. Talvez seja uma homem, que não usa jaleco branco."